Posts

Cuide bem da sua maior riqueza

As crianças são seres em desenvolvimento, o que exige muita atenção, carinho e cuidados especiais. Sem contar que os pequenos são nossa maior riqueza, concorda? A Anjos do Lar trata a questão da saúde na infância com muito profissionalismo, oferecendo um atendimento completo, diferenciado e humanizado. A ideia é estar disponível para ajudar em todas as etapas desta linda fase, criando uma relação de confiança com os papais e lembrando, sempre, que a saúde é ampla e nem sempre tem relação com doenças físicas.

O pediatra da Anjos do Lar, dr. Sthevan Bernardon Mar, esteve no programa A Voz do Povo, da Rádio Conexão FM, onde falou um pouco sobre os cuidados com os bebês e as crianças, suas paixões. Para o médico, não há nada mais prazeroso que ver uma criança se desenvolvendo com saúde e alegria. A primeira dica do doutor foi com relação ao choro dos pequenos, motivo de muitas consultas ao Ambulatório da Anjos do Lar. Confira!

Por que os bebês choram tanto?

  • Fome;
  • Dificuldade para mamar por lesão na mama da mãe;
  • Calor ou frio;
  • Sujeira na fralda;
  • Lesão na pele (assadura);
  • Cólica;
  • Estresse (oriundo da mãe);
  • Outros fatores.

O choro dos pequenos traz muita angústia para os pais, mas é comum bebês chorarem bastante. O médico explica que eles se expressam pelo choro, uma vez que não falam ainda. O importante nesta hora é ficar tranquilo, pois a criança chora ainda mais quando os pais ficam estressados. Outra recomendação é manter o acompanhamento médico para avaliar o estado de saúde do bebê constantemente, pois sempre pode haver algum outro fator causando o choro. A primeira consulta deve ser feita até 7 dias do nascimento.

Outro grande motivo de preocupação dos pais é com a icterícia. Síndrome que ocorre em recém-nascidos, pode ser fisiológica ou decorrente de patologia, que leva ao aumento da bilirrubina indireta na corrente sanguínea, deixando a pele amarelada. Para preveni-la é importante que o bebê tome banho de sol, uma vez eu os raios ultravioletas possibilitam a absorção da Vitamina D.

Dicas para o banho de sol do bebê:

  • Em torno de 5 minutos apenas;
  • Só de fralda ou com a fraldinha aberta;
  • Horário correto: até 10h ou depois da 16h.;
  • Evitar horário de vento (pode esfriar).
  • A mamãe também deve tomar sol na mama (passar leite materno no lugar de protetor solar).

A qualidade do sono dos pequenos também merece atenção dos pais e profissionais de saúde. Dr. Sthevan conta que há vários cuidados a serem tomados para garantir um soninho reparador e qualidade de vida para os pais. Confira quais são:

  • O berço deve ficar encostado na cama dos pais, mas nunca se deve colocar o bebê para dormir na cama para evita a síndrome de morte súbita do lactente. Colocar o bebê numa posição inadequada pode oferecer risco de morte enquanto ele dorme;
  • Importante colocar o bebê de barriga para cima;
  • As crianças devem ficar no berço até 1 ano ou 1 ano e meio. Nesta fase já crie um ambiente no quarto para ele se familiarizar, com brinquedos e luz baixa. Nunca luz totalmente ligada. Ele tem que entender o que é dia ou noite;
  • Colocar o bebê ou a criança para dormir na cama é uma forma de afeto, mas não é bom, pois cria vínculo afetivo e fia difícil separá-lo da mãe depois.

O que meu filho deve comer?

Assim como nós, os bebês precisam de boa alimentação para se desenvolverem bem e saudáveis. A alimentação ideal para um bebê até os 6 meses é somente leite materno. Sem chá, água ou nada mais. Só é preciso introduzir outros alimentos se a crianças estiver perdendo peso ou a mãe não puder amamentar. Neste caso, contudo, é preciso procurar um profissional para definir uma fórmula adequada para esta criança.

Após os seis meses, vem uma daquelas consultas fundamentais com o pediatra, quando começamos a introduzir frutas e uma alimentação principal, normalmente no almoço.

DICA DE OURO: Nunca bata os alimentos no liquidificador, amasse-os. A criança precisa entender a consistência dos alimentos.

Chegaram os dentes, e agora?

Alguns pais ficam preocupados quando surge um pico de febre junto com a chegada dos dentinhos. Eles podem ocorrer, com o nascimento dos incisivos inferiores ou superiores, que normalmente vêm primeiro. Para evitar febre, dor ou excesso de coceira, lembre-se: nasceu o primeiro dente, precisa começar a escovar. Aliás, antes mesmo é possível higienizar com gaze.

Nesta fase, tudo vai para a boca. Portanto, invista em brinquedos adequado para morder, que não tragam risco de machucar ou aspirar. Atenção para os cuidados com o tamanho e material.

Mande sugestões e nos acompanhe!

Mande suas perguntas ou sugestões de pauta para nós pelo email assessoria@anjosdolar.com.br ou pelo whatsapp 99758-0385! Podemos incluir sua dúvida em uma próxima participação no jornal A Voz do Povo. O programa vai ao ar todos os dias, das 7h às 9h, sob o comando da dupla PC e Peeter Lee Grando. A Anjos do Lar faz uma participação especial para falar sobre saúde nas terças-feiras, às 8h. Acompanhe a gente e participe!

Crianças exigem cuidados especiais no Verão

O calor se intensificou nos últimos dias e promete continuar por muitas semanas. Quem mais sofre com ele são as crianças, portanto procure tomar cuidados extras com os pequenos neste período para evitar hospitais por conta da proliferação de doenças comuns no Verão.

Nesta época do ano, são corriqueiros os casos de diarreia, dor de cabeça, dor no corpo, vômito e mal-estar em geral, causados normalmente por intoxicação alimentar, desidratação, dengue e até hepatite A.

Para evitar o sofrimento dos pequenos e dos pais, siga algumas recomendações importantes e lembre-se: qualquer sinal de problema acione um pediatra! A Anjos do Lar dispõe dessa especialidade no quadro clínico. Basta agendar com nossa secretária no 3263-0469. Agora fique com nossas dicas e curta o Verão em família com segurança:

  • Micoses se proliferam em locais quentes e úmidos. Para prevenir, opte por chinelos e sandálias, principalmente em vestiários de parques aquáticos;
  • Na praia, opte por locais que tragam a bandeira de ‘própria para banho’;
  • A roupa deve ser apropriada nesta época. Quanto mais clara a cor, mais luz ela reflete e mais fresca se torna. Tecidos leves também são fundamentais;
  • As crianças sofrem mais com picadas de insetos, por isso use repelente em locais e horários propensos a pernilongos e outros insetos. Refil com veneno para dormir também é importante;
  • Evite expor excessivamente as crianças ao sol, principalmente no período entre 10h e 16h;
  • Aplique protetor solar nos pequenos pelo menos 15 minutos antes da exposição ao sol, repetindo a aplicação a cada duas horas;
  • Tomar cerca de dois litros de água por dia é fundamental;
  • Evite dar banhos longos com água muito quente;
  • Passar hidratante no corpo deles diariamente com a pele um pouco úmida é ótimo;
  • Dê preferência a alimentos leves, como frutas e saladas, e evite alimentos e carnes cruas, especialmente peixe. Dê uma pausa nos salgadinhos e não exagere no sorvete!