Posts

Tireoide equilibrada, organismo regulado

 

O diretor técnico da Anjos do Lar, Carton Murilo Lopes, esteve no jornal A Voz do Povo, da Rádio Conexão FM, onde falou com os ouvintes sobre as doenças da tireoide, glândula em formato semelhante ao de uma borboleta que fica localizada na região do pescoço e tem a função de regular o organismo. O tema é de extrema importância por que os hormônios produzidos pela tireoide (T3 e T4) regulam desde as mínimas funções cerebrais até aquelas relacionadas ao intestino e aparelho genital.

Doutor Carton explica que este órgão importante do corpo humano envolve vários problemas e doenças autoimunes, mas dois são mais comuns: problemas de função e nódulos. Ambos podem ser diagnosticados com exames laboratoriais e em alguns casos é necessário um ultrassom ou outro exame complementar. O exame clínico com um profissional habilitado também é fundamental!

As mulheres são mais acometidas pelas doenças de tireoide, mas a menopausa não tem nenhuma ligação com elas. Os homens também são afetados, numa proporção de 1 para 5 mulheres.

Problemas de função

Os problemas de função ocorrem quando a glândula está lenta ou muito rápida, produzindo muito ou pouco hormônio. Esse desiquilíbrio causa hipotireoidismo, no caso de pouca produção, ou hipertireoidismo, no caso de muita produção.

O tratamento, nestes casos, é com medicação. No caso do hipotireoidismo, é preciso repor o hormônio não produzido para regularizar o dia a dia do organismo. No caso do hipertireoidismo é preciso medicar para frear o hormônio.

Importante salientar que a dosagem e o tipo de medicação para regular essa disfunção hormonal mudam caso a caso, conforme o estágio da doença e a idade do paciente. Portanto, não pode se automedicar, combinado?!

Quais são os sintomas do hipotireoidismo?

  • Sono;
  • Preguiça;
  • Cansaço;
  • Queda de cabelo;
  • Pele seca;
  • Unha fraca;
  • Intestino preguiçoso.

Quais são os sintomas do hipertireoidismo?

  • Emagrecimento;
  • Coração acelerado;
  • Suor excessivo;
  • Diarreia.

Como prevenir?

  • Com hábitos de vida saudáveis que aumentem a imunidade:
  • 8h de sono por dia;
  • Alimentação regular sem muito industrializado ou agrotóxico;
  • 150 minutos de atividades física por semana.

Nódulos

Quando o exame clínico identifica nódulos (caroços) na tireoide é importante certificar-se de que são benignos e monitorá-los. A maioria deles é benigno. Importante salientar que nódulo não é câncer ou tumor!

Um ultrassom pode dar essa resposta, na maioria das vezes, mas se preciso são solicitados outros exames e, em último caso, é feita uma biópsia.

Se o nódulo está se comportando bem, basta acompanhar essa evolução. Caso ele evolua, com suspeita de malignidade, talvez seja necessário retirá-lo com cirurgia. A partir de então, basta tomar medicação para repor os hormônios, já que a ‘fábrica’ não existe mais.

Importante salientar que essa avaliação deve ser feita por médico habilitado e os exames devem ser feitos em laboratório confiável para evitar a evolução da doença, já que os exames de tireoide são tão específicos.

Recomendações importantes!

  • Mantenha hábitos de vida saudáveis;
  • Não se automedique jamais;
  • Faça checkup com exames de perfil hormonal anualmente;
  • Busque avaliação de profissional desta área;
  • Não pesquise na internet, fale com um médico!

Mais perguntas

Mande suas perguntas ou sugestões de pauta para nós pelo email assessoria@anjosdolar.com.br ou pelo whatsapp 99758-0385! Podemos incluir sua dúvida em uma próxima participação no jornal A Voz do Povo. O programa vai ao ar todos os dias, das 7h às 9h, sob o comando da dupla PC e Peeter Lee Grando. A Anjos do Lar faz algumas participações especiais para falar sobre saúde nas terças-feiras, às 8h. Acompanhe a gente e participe!

Anjos do Lar amplia atuação e abre ambulatório de especialidades

Quando se tem o cuidado ao próximo como profissão, os esforços para qualificar as ações voltadas à recuperação da saúde e ao alívio do sofrimento não param. Depois de 5 anos atuando com atenção domiciliar em Balneário Camboriú e Região, a Anjos do Lar se remodelou e passou a atender também com serviços ambulatoriais.

A partir de agora, a empresa passa a ser um ambulatório médico que faz consultas de várias especialidades, além de realizar procedimentos de enfermagem, medicação e curativos de baixa e média complexidade. Todos esses atendimentos ocorrem na nova sede da empresa, situada na Rua 1.401, 425, salas 02 e 03.

Segundo Thieli Iung Sosa, Diretora Operacional e Enfermeira Responsável pela empresa, os atendimentos Home Care continuam, mas a ideia de agregar os serviços ambulatoriais surgiu de uma demanda de mercado. “Um ano depois de abrir a empresa, em 2012, notamos que a região era carente de atendimento ambulatorial mais especializado e já demos início às pesquisas de mercado e ao Plano de Negócio. Percebemos que apenas um plano de saúde realizava esse tipo de atendimento, mas os outros planos não estavam assistidos e os pacientes acabavam sobrecarregando os hospitais”, observa ela.

A Anjos do Lar nasceu para levar humanização, carinho e cuidados profissionais a quem precisa, mas também para reduzir as filas nos hospitais e contribuir com a saúde pública. Dentro desse contexto, avalia Thieli, o novo serviço contribui substancialmente. A enfermeira revela que a Anjos do Lar está em processo de credenciamento para atender pelos principais convênios da região.

Estrutura

A nova Anjos do Lar tem 340 metros quadrados, 2 consultórios médicos, 1 sala de curativos, 1 sala de medicação e triagem, recepção, almoxarifado e farmácia. A equipe interna que atende neste primeiro momento é formada por 2 técnicos de enfermagem, 2 enfermeiros, 2 estagiários de enfermagem, 2 administrativos e 2 profissionais de atendimento.

As especialidades atendidas para consultas estão em fase de credenciamento de profissionais, mas serão as seguintes: Clínica-geral, Endocrinologia, Geriatria, Infectologia, Ortopedia, Dermatologia, Ginecologia e Reumatologista. Como se trata de um ambulatório, o atendimento é eletivo, ou seja, é preciso marcar hora com a secretária para ser atendido, o que deve ocorrer das 8h às 18h. Apenas hospitais e pronto-atendimentos atendem 24 horas sem agendamento.

Além das consultas, a estrutura é adaptada para vários procedimentos, como medicação intravenosas, soroterapia, medicação intramuscular, curativos de baixa complexidade e média, além de pequenos procedimentos.

Thieli conta que há uma pequena CME (Centro de Material Esterilizado) – local apropriado para esterilização e lavagem dos materiais usados em curativos, e também um almoxarifado com uma pequena farmácia, uma vez que a Anjos do Lar tem convênio com os principais laboratórios e distribuidores farmacêuticos. “Tendo receituário médico em mãos ou passando por uma consulta com um dos nossos profissionais conveniados, podemos fornecer o medicamento aqui mesmo”, avisa.

De acordo com Daniele Iung, Diretora Administrativa e Financeira da empresa, as mudanças são muitas, incluindo serviços e estrutura, mas haverá mais. Num segundo momento, a Anjos do Lar vai atuar na capacitação dos profissionais da região, contribuindo ainda mais com a qualificação da saúde local. A expectativa de crescimento com os serviços ambulatoriais é 10% neste primeiro ano e 30% em 2018. Os resultados em termos de qualidade, completa Daniele, são imensuráveis.

Saiba Mais:

Anjos do Lar – Home Care e Ambulatório de Especialidades

Onde: Rua 1.401, 425, salas 02 e 03

Atendimento: 8h às 12h | 13h30 às 18h

Contatos: www.anjosdolar.com | contato@anjosdolar.com

(47) 3263.0469 | (47) 3081.2334 | (47) 9 9964.1363

Diretor Técnico: Dr. Carton Murilo Lopes (CRM/SC 13.620)

Enfermeiras responsáveis: Thieli Carolina Iung Sosa (Coren/SC: 206.614) e Shalise Sebastiana Nowasky (Coren/SC – 337.564)

Serviços:

Home Care

Internação Domiciliar

Gerenciamento de Enfermagem

Procedimentos de Enfermagem

Acompanhamento Hospitalar

Consultas médicas

Fonoaudiologia

Nutricionista

Fisioterapia

Psicologia

Ambulatório de Especialidades

Consultórios médicos previstos

Ginecologista

Dermatologista

Ortopedista

Infectologista

Geriatra

Reumatologista

Clínico-Geral

Endocrinologista

Atendimentos no ambulatório

Medicações

Curativos

Sondagens

Troca de bolsa de ostomia

 

Soroterapia